quinta-feira, 4 de julho de 2013

Música Brasileira - Parte III: Influência Portuguesa

Além de nosso idioma, entre outras coisas mais, o povo português contribuiu musicalmente para nossa cultura da seguinte forma.
Em suas bagagens, trouxeram da Europa o sistema harmônico tonal, próprio fundamento de toda a música Ocidental, assim como expõe Mário de Andrade quando disse que os portugueses “fixaram o nosso tonalismo harmônico” e “nos deram a quadratura estrófica”.

Nas viagens destinadas as terras brasileiras, os lusitanos trouxeram consigo alguns instrumentos musicais como o piano, o violino, a viola, o violoncelo, o contrabaixo, o oficlide, a clarineta, a sanfona, a flauta, o violão, o cavaquinho, etc.

Uma observação relevante é que esses três últimos citados, cavaquinho, violão e flauta, desempenharam quatro séculos mais tarde um papel importante na formação do Choro, e de toda a música instrumental executada por pequenos grupos.

 O famoso berimbau também veio nas caravelas portuguesas, assim como relatou o padre Fernão Cardim (1549-1625) quando escreveu no "Tratados da Terra e da Gente" que, na Bahia, durante os festejos natalinos de 1583, o berimbau estava presente. "Tivemos pelo natal um devoto presépio na povoação, aonde algumas vezes nos ajuntávamos com boa e devota música, e o irmão Barbanabé Tello nos alegrava com seu berimbau".

Certamente, também foi Portugal quem nos forneceu a síncopa, que em nossas terras, foi aprimorada com a ajuda dos negros.


Raízes da Música Popular Brasileira - Ary Vasconcelos

Nenhum comentário: